12 de fevereiro de 2010

Motivação Empresarial e Profissional - Nº1 (Fev. 2010)

"Nada é mais perigoso que uma ideia, se tem apenas uma".

"Ouça qualquer um que tenha uma ideia original. Encoraje-o, não o critique. deixe as pessoas continuarem com as suas ideias". (William McKnight)

"As ideias devem ser como as calças: nem muito apertadas nem muito curtas".

"O que move os homens geniais não são as novas ideias, mas a sua obsessão pela ideia de que o que já foi dito ainda não é suficiente". (Eugène Delacroix - Pintor Francês)

"Não é porque as coisas são dificeis que nós não ousamos; é porque nós não ousamos que elas são difíceis". (Sêneca - 4 a.C. - 65 d.C.)

"Quando as coisas vão mal, não vá junto com elas".

"O sucesso é constituído de 99% de fracasso". (Soichiro Honda - Fundador e Presidente da Honda)

"Quando alguém cai num buraco que ele próprio cavou, é o momento certo para examinar a qualidade da mão-de-obra". (Jon Remmerde)

"Quando contrata pessoas mais inteligentes que você, prova que é mais inteligente do que elas". (R.H.Grant)

"Quem é dotado de inteligência não se assusta com a inteligência alheia - a ela se associa". (Santayana)

"Antes da batalha o planeamento é tudo. Assim que o tiroteio começa, planos são inúteis". (Dwight Eisenhower)

"Planeie o seu progresso cuidadosamente, cada hora, cada dia, cada mês. A acção organizada, unida ao entusiasmo, produz uma força irresistível". (P. Mayer)

"Somos o que repetidamente fazemos, portanto a excelência não é um feito, mas um hábito". (Aristóteles - Filósofo Grego)

"Persistência é a irmã gémea da excelência. Uma é a mãe da qualidade, a outra é a mãe do tempo". (Marabel Morgan)

"A princípio, as pessoas recusam-se a acreditar que uma coisa nova e estranha pode ser feita; depois começam a ter esperança de que ela possa ser feita - quando ela é feita, todos se questionam por que é que não tinha sido já feita".


Empreendedores - Introdução


Com alguma regularidade, procurarei neste espaço, providenciar a todos os Empresários e Profissionais Cristãos, a partilha de experiências e matérias de interesse relacionadas com a sua vida profissional, bem como frases ou citações que li ou ouvi de amigos e colegas, e que chegarão na hora certa e poderão redireccionar completamente a sua postura diante de situações. Tais frases são capazes de alterar a sua visão de mundo e a sua percepção das coisas. É como diz Georg Fischer: "Uma frase é capaz de mudar um destino".

Deixe que cada pedaço aqui compartilhado vagueie pela sua mente e coração, seja cheio de sentido e indicado para a actividade mental inerente a qualquer projecto onde esteja envolvido.

Talvez nem tudo faça sentido no imediato, mas certamente algumas delas, dependendo da ocasião, poderão surpreendê-lo pelo seu poder transformador.

No seu reino.

João Cardoso


9 de fevereiro de 2010

Alcançar Jovens em Risco

O mundo está em transição. Tudo está em movimento. As mudanças estão em todo o lado. Alguém afirmou que “nada é tão constante como a mudança”. E este facto é mais evidente hoje do que em qualquer outro tempo numa história recente. As condições climatéricas globais estão em desordem e modificação, o equilíbrio económico em transformação, a uniformização política em todas as nações está debaixo de reformas, as ideologias em deterioração e o futuro parece incerto. Mudar é uma característica natural das coisas vivas, para que estas possam crescer. Mas o crescimento requer transição. Contudo, as dinâmicas e impacto da mudança podem ser positivas ou negativas.

Segundo uma perspectiva bíblica, o desenvolvimento do eterno propósito de Deus para o homem e a sua criação, através da História, é marcado pela natureza progressiva da mudança, crescimento, transição e metamorfose. A natureza dinâmica do plano de Deus para a restauração e reconciliação do Homem caído (separado de Deus pelo pecado), segue o padrão que Ele demonstrou no Seu procedimento para com os filhos de Israel e o seu progresso da escravidão para a liberdade. O ponto crítico da transição para esta nação, a qual é um protótipo de todas as outras, foi a transferência da autoridade, liderança e responsabilidade de Moisés para Josué, do velho para o novo, de uma geração para a seguinte.

Estou plenamente convencido de que nós estamos nesta época crítica de transição na nossa geração. É a época de nos movermos da irresponsabilidade para a responsabilidade, da imaturidade para a maturidade, de sermos crianças para nos tornarmos adultos, de seguidores para a liderança. E espero que no final do artigo, os leitores tenham sido levados até ao ponto de compreenderem qual a sua responsabilidade para uma transição eficaz, especialmente quando se relaciona com a preparação da geração que vos segue, no que toca ao seu papel e propósito.

Fácil é olharmos para os problemas e apontar o dedo crítico. Mais difícil é forçarmo-nos a examinar os nossos motivos e obras.

Os números apontados no Quadro 1 (no final) dão-nos alguns factos dos nossos dias.

Que fazem os adultos hoje? Qual o papel da Igreja ou Sociedade hoje? Mais e mais, o fosso vai-se abrindo e parece que os adultos (cristãos ou não), se vão tornando irrelevantes para esta geração. Por isso, o meu desafio consiste em que cada um se disponha a buscar caminhos que ajudem a construir uma ponte de aproximação, encolham o “dedo de acusação”, parem as palavras de condenação, se esforcem por compreenderem os jovens e façam algo para os ajudar (e esperamos que estes o queiram).

Se queremos assegurar um futuro saudável, então um esforço concertado deve ser desenvolvido entre os pais, os líderes religiosos, os educadores, os governantes e as pessoas tidas como “modelos” para os jovens. Cada um deve desempenhar o seu papel em excelência e, assim, veremos despontar uma “geração saudável”.

No Quadro 2 (no final) encontram-se algumas sugestões que poderão ajudar-vos “a saltar a barreira da divisão cultural” e a fazerem algo mais pela próxima geração.

De posse desses conhecimentos, o leitor poderá (eventualmente utilizando as dicas do Quadro 3) influenciar as suas vidas para o bem e um crescimento saudável.

Alcançar os jovens não é um desafio pequeno. É claro que todos reconhecem isso. Mas é tempo de darmos todos as mãos e “vermos surgir uma nova geração de destino”. Mãos à obra e que Cristo seja o centro de tudo.

Quadro 1

  • 500 milhões de crianças irão para a cama esta noite, sem um telhado sobre as suas cabeças e sem comida nos seus estômagos.
  • 100 milhões não têm família. Vivem nas ruas e desde os oito anos que a única coisa que aprenderam é que somente os ferozes ou violentos sobrevivem.
  • Vários milhões são forçados à prostiuição na sua adolescência, ao serviço de homens e mulheres “crescidos no tamanho” – “deficientes e pervertidos nas mentes” que enchem os bolsos à custa desta exploração.
  • Menos de metade da juventude mundial é capaz de ler um livro.
  • Vários milhões nunca usarão as suas mentes de adultos, porque com a idade de cinco anos, foram tão mal nutridos que os seus cérebros sofreram danos irreparáveis.
  • Um número muito semelhante nunca usará as suas mentes de adultos devido à experiência de drogas ter diminuído as suas capacidades intelectuais.

Quadro 2

  • Escutem a sua música e estejam minimamente familiarizados com ela, mesmo que não a apreciem.
  • Leiam as suas revistas. Assim poderão ficar conhecedores do que eles lêem.
  • Observem algumas das coisas “bizarras” que são populares entre os jovens.
  • Leiam alguns livros chave que vos possam orientar nas características próprias dessas idades.
  • Compreendam que os jovens de hoje, usualmente impressionam-se muito pouco com os programas que lhes oferecemos. Instituições e estruturas têm muito pouco valor para eles. Contudo, dignificam e valorizam bastante os relacionamentos.

Quadro 3

  • Envolva-se num programa de alimentação e ajuda a crianças e jovens em necessidade.
  • Participe activamente em programas de ocupação de tempos livres, de modo a tirar as crianças ou jovens da rua e a colocá-los em ambientes saudáveis.
  • Procure criar laços de amizade com aqueles que vivem em ambientes degradados, de modo a poder indicar-lhes instituições que os podem ajudar.
  • Colabore, na maneira que lhe for possível, em programas de alfabetização, formação profissional e outros.

6 de fevereiro de 2010

De Pastor para Pastor - Fevereiro 2010

O LÍDER EVANGÉLICO E A SUA FAMÍLIA


O líder evangélico é um homem ou mulher peculiar, divinamente chamado, ordenado e comissionado para pregar o Evangelho e estar envolvido na edificação da Igreja. Lida com vidas humanas, faz decisões eternas, admoesta e aconselha as pessoas em assuntos de suma importância, mas nenhum deles deve sobrepor em importância, a sua responsabilidade como marido/mulher e pai/mãe. É importante que o seu lar seja visto e tido como um lar espiritual. Aquela imagem projectada na igreja e na comunidade como um homem/mulher de Deus, deve ser a mesma que “transparece” no lar - a sua família deve vê-lo(a) não apenas como marido/mulher ou pai/mãe, mas também como um homem/mulher que está totalmente comprometido(a) com Deus, o ministério e a família, de modo a haver coerência e consistência - o(a) mesmo(a) na igreja ou comunidade como no lar.


Isto implica que cada líder providencia ou cria uma atmosfera ou clima emocional propício ao desenvolvimento de interesses, sentimentos e ideais comuns ou particulares, resultantes de uma comunicação aberta, cujos os participantes são os pais e os filhos. Essa atmosfera é a principal influência no desenvolvimento de atitudes dos componentes da família. Já não é só o valor daquilo que se obtém por instrução directa, mas o poder disponível através do que se obtém por absorção.


E é aqui que convém encontrar o tal “ponto de equilíbrio” - a atmosfera criada não deve ser de tal forma “espiritualizada” fazendo com que a família fique isolada dos factos reais da vida, dentro e fora da igreja. O choque com essa realidade pode causar graves danos em todos. É, portanto, de todo conveniente que para além da instauração de um ambiente saudável e de instrução cristã no seio da família, pelos preceitos, pelo exemplo e pela disciplina, o(a) líder também “passe tempo” com a sua família - essencialmente tempo de qualidade. Bons livros, bons jogos, uma boa selecção de programas de televisão ou vídeos, uma conversa aberta sobre temas “tabú”, um passeio à noite, um jantar fora, um dia de descanso ou umas boas férias, mais uma quantidade infinita de outras ideias que importa que sejam criativas, ajudam a eliminar o isolamento cultural e não só, que algumas vezes caracteriza algumas das famílias dos líderes evangélicos. Muitas podem ser as pressões a que um líder está sujeito, mas de forma alguma, elas podem ser uma justificação para a transferência das suas responsabilidades.


Em jeito de conclusão, permitam-me transcrever uma história que li: “Certa vez um jovem líder questionou outro mais veterano:

- O que é mais importante - a minha família ou a obra do Senhor (o meu ministério)?

A resposta foi pronta: - A tua família é a obra do Senhor!”


MOTIVOS DE ORAÇÃO:


Para que os líderes evangélicos:

  1. Vivam uma vida disciplinada (I Cor. 9:27)
  2. Tenham a Palavra de Deus em primeiro lugar nas suas vidas (João 8:31,32)
  3. Tenham uma vida de oração regular (I Cor. 14:4)
  4. Sejam um exemplo (I Pedro 5:3)
  5. Tenham tempo com as suas famílias (Marcos 6:30,31)
  6. Tenham filhos submissos e obedientes (Efésios 6:1)
  7. Não provoquem à ira os seus filhos (Efésios 6:4)
  8. Vivam em amor e sujeição com o seu cônjuge (Efésios 5:21,24)
  9. Fiquem livres de pressões injustas colocadas sobre as suas famílias por terceiros que criam expectativas irrealistas.
João Cardoso



1 de fevereiro de 2010

Poucas Palavras, Grandes Ensinamentos - Nº2 (Fev. 2010)

PARA HOMENS
  1. Caracter, é o que você é no escuro! (Provérbios 11:3 "A integridade dos sinceros os encaminhará...").
  2. A melhor maneira de se ensinar o caracter é tê-lo em casa. (Provérbios 20:7 "O justo anda na sua integridade; bem-aventurados são os seus filhos depois dele").
  3. Se você disser a verdade, não terá de carregar nada na lembrança. (Provérbios 12:17 "O que diz a verdade manifesta a justiça, mas a testemunha falsa engana").
  4. O homem que não teme a verdade não deve também temer as mentiras. (Salmo 40:11 "Protejam-me continuamente o teu amor e a tua verdade").
PARA MULHERES
  1. Orações diárias diminuirão as suas preocupações. (Salmo 55:17 "À tarde, pela manhã e ao meio-dia, farei as minhas queixas e lamentarei; e ele ouvirá a minha voz").
  2. A preocupação é como a cadeira de balanço: mantém-na ocupada, porém não a leva a lugar nenhum. (I Pedro 5:7 "Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós").
  3. Eu preferiria andar com Deus na escuridão do que sozinha na luz. (Salmo 23:4 "Eu posso andar pelo vale escuro, onde a morte está bem perto, mas continuo tranquilo e não sinto medo. Tu, Senhor, me guias e proteges constantemente!").
  4. Todos os nossos sonhos podem tornar-se realidade - se tivermos coragem de persegui-los. (I Crónicas 28:20 "... sê forte e corajoso e faz a obra; não temas, nem te desanimes, porque o Senhor teu Deus, meu Deus, há de ser contigo, não te deixará, nem te desamparará, até que acabes todas as obras para o serviço da Casa do Senhor").
PARA CASAIS
  1. O bom casamento é... um relacionamento em que a perspectiva saudável não se detém na multidão dos "problemas insolúveis". (I Pedro 4:8 "Tende, antes de tudo, ardente amor uns para com os outros, porque o amor cobre uma multidão de pecados").
  2. Que a esposa faça o marido sentir-se feliz por voltaer a casa após um dia cansativo de trabalho, e que ele a faça sentir-se triste ao vê-lo saír no dia seguinte. (Efésios 5:33 "Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher respeite a seu marido").
  3. O amor transforma uma casa num lar. (Salmo 128:2b,3 "...feliz serás, e te irá bem. A tua mulher será como a videira frutífera aos lados da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira à roda da tua mesa").
  4. Entreguem os vossos problemas a Deus; Ele vai mesmo estar acordado a noite toda. (I Pedro 5:7 "Lançai sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós").
PARA PAIS
  1. De bons pais, procede um bom filho - Aristóteles. (Mateus 7:18 "Não pode a árvore boa produzir maus frutos...").
  2. Há homens que, pelo interesse em alcançar vida melhor, se esquecem de viver - Margaret Fuller. (Salmo 127:2 "Inútil vos é levantar de madrugada, repousar tarde, comer o pão de dores, pois ele dá aos amados o sono").
  3. Os nossos filhos nos dão a oportunidade de sermos os pais que sempre desejamos ter tido - Nancy Samalin. (Mateus 7:12 "Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-o vós também a eles...").
  4. Tornar-se pai não é difícil; entretanto, ser pai o é - Wilhelm Busch. (Provérbios 19:20 "Ouve o conselho, e recebe a instrução para que sejas sábio nos teus últimos dias").
PARA MÃES
  1. Como mãe, o meu trabalho é cuidar do que é possível, e confiar a Deus o impossível - Ruth Bell Graham. (Salmo 9:10 "Em ti confiarão os que conhecem o teu nome, pois tu, ó Senhor, nunca desamparaste os que te buscam").
  2. Há um momento na vida em que você tem de explicar a seus filhos a razão por que eles nasceram, e é maravilhoso quando você sabe a razão - Hazel Scot. (Jeremias 1:5 "Antes que eu te formasse no ventre, te conheci, e antes que saísses da madre, te santifiquei...").
  3. Se uma criança vive sob aprovação, ela aprende a viver consigo mesma - Dorothy Law Nolte. (Romanos 15:7 "Portanto, recebei-vos uns aos outros, como também Cristo nos recebeu para a glória de Deus").
  4. O simples acto de ter filhos, não faz mães - John A. Shedd. (Tito 2:4 "...ensinar as mulheres novas a serem sóbrias... e a amarem seus filhos").